close
Distúrbio FemininoSuper Novas

Sammliz lança clipe de “Quando Chegar o Amanhã” e abre temporada de shows 2017

“Quando chegar o amanhã”, um brega romântico da música espanhola, ganhou versão brasileira por Leonardo Sullivan na década de 80 e é um clássico da música paraense. Reinterpretada por Sammliz em seu debut solo Mamba (2016), esta é a única faixa não assinada pela compositora, que compensa imprimindo uma feminilidade marcante à melodia e versos sentimentais de maneira bem mais sombria e melancólica que a original.

Mas o amanhã nunca chega para corações que partem antes da hora. A separação prematura de corpos e almas que deviam seguir outros destinos serve de roteiro para o clipe de “Quando chegar o amanhã”, filmado em Belém (PA). Entre o sonho e o pesadelo, a trama usa a questão do feminicídio e da intolerância à diversidade para comunicar sobre a violência ao feminino e mulheres mortas em silêncio todos os dias.

O clima de “Cidade dos Sonhos” (David Lynch, 2001) é proposital e quer dar o ar onírico e surrealista que é pensar na persistente coerção às mulheres binárias e não-binárias em plena época de emancipação feminina e transgênero. Outra referência utilizada para concepção do clipe foi o elogiado episódio “San Junipero”, da série Black Mirror, na ambientação que conta a história de amor que atravessa o tempo entre duas mulheres, na cartela de cores utilizada, e também na fotografia que flerta com o kitsch e o sombrio.

A produção foi feita em Belém por uma equipe composta em sua maioria por mulheres. O clipe foi dirigido por Adrianna Oliveira (do curta “A Batalha de São Braz”) e tem direção de fotografia de Thiago Pelaes e direção de arte de Tita Padilha.

No show de lançamento, Sammliz vem acompanhada de banda composta por Leo Chermont (guitarra), João Lemos (guitarrra), Inês Fernandes (baixo), Dan Bordallo (teclado) e Júnior Feitosa (bateria).

A noite tem abertura especial do Coletivo Empodera, poderoso combo de cantoras, compositoras e musicistas da cidade (Ana Clara, Amanda Coelho, Natália Matos, Nathália Lobato, Nathalia Petta, Lari Xavier, Livia Mendes, Melly Rosas); Companhia Mirai de Dança e Movimentosete8 com performances, e os DJs Bambata Brothers, Tita Padilha e Jonathan Camelo.

(Foto: Liliane Moreira)

Em 2017, a cantora prepara mais três lançamentos de clipes, single especial em parceria com Dona Onete, e lançamento de um EP e turnê pelo sudeste no segundo semestre.

Serviço:

Sammliz – Show lançamento do clipe “Quando chegar o amanhã”

Sexta-feira, 12 de maio

Local: Baron Club | Av. Nazaré, 579 | Belém (PA)

Horário: 22h

Ingressos: R$10 | R$20 (promo: ingresso + CD Mamba)

Abertura e participações: Coletivo Empodera, Companhia Mirai e Movimentosete8, DJs Bambata Brothers, Tita Padilha e Jonathan Camelo

Fica técnica “Quando chegar o amanhã”:

Direção: Adrianna Oliveira

Ass. Direção: Alexandre Nogueira

Direção de Fotografia: Thiago Pelaes

Direção de Arte: Tita Padilha

Ass. de Câmera: Igor Amaral/Kemuel Carvalheira/Lucas Domires

Produção Executiva: Sammliz/Luana Klautau

Coordenação de Produção: Luana Klautau/Thamires Veloso

Produção de Alimentação: Davi Fleury

Preparador de Elenco: Dario Jaime Sousa

Coreografia: Bel Lobato

Make up/Cabelo : Amanda Pris

Assistentes Make/Cabelo: Bianca Imbeloni/Laís Teixeira

Figurino Sammliz, Bel e Caroline: Jonathan Camelo

Figurino elenco: Babi Santos/ Ketlen Suzy

Elétrica: Jerri Pamplona

Iluminação: Igor Duarte

Making of: Lilian Moreira – Foto/Bruno Gouvêa – Vídeo/Adriana Faria – entrevistas

Elenco: Sammliz, Bel Lobato, Caroline Torres, Leoci Medeiros, Zilma Lages, Bina Jares, Shirlena Marabilis, Lariza Xavier, Kezia Yamaki, Kemuel Carvalheira

Realização: Marahu Filmes

Agradecimentos: Mônica Souza, Seu Carlo, Casarão Baron, Patrícia Gondim e Oriana Bitar, Zê Charone, Maralux

Siga Sammliz: Site oficial | Facebook | Instagram | YouTube

Tags : Distúrbio FemininoSammlizSuper Novas
Supernova

Escrito por Supernova

Deixe um comentário