close
Super Novas

Rashid conta história de 10 anos de carreira com projeto Em Construção – ouça novo single, “Sem Sorte”

Em 2007, quando resolveu dar novo nome e direção a seu trabalho, Michel Dias Costa trocou o pseudônimo Moska por Rashid, palavra árabe para honesto, justo. A novidade agradou os fãs, os amigos da época das batalhas e o nome pegou. Passada uma década desse batismo, Rashid tornou-se, literalmente, um dos nomes mais falados, ouvidos e propagados no mercado atual da música brasileira.

No dia a dia, a pessoa Michel e o artista Rashid são quase indissociáveis, mas enquanto artista, o Rashid está antenado nas notícias, faz rimas e versos sobre a realidade do país, fala de futebol, cultura pop, consciência, tudo numa mesma frase se couber. Já o Michel, como trabalhador, artista independente, está de olho nas tendências, no comportamento e consumo do público, e em como continuar crescendo e inovando sua própria cadeia de economia criativa.

É no encontro entre o artista e o empreendedor que vemos que a história dos dez anos como Rashid faz do modelo de negócios, desenvolvido por Michel e seu time da produtora Foco na Missão, algo a ser notado.

Rashid, o artista, foi se firmando com mixtapes e singles até que chegou o primeiro álbum, A Coragem da Luz (2016), que o colocou definitivamente como uma das vozes mais representativas do rap hoje no Brasil. O álbum, enquanto produto, foi consumido por centenas de milhares de usuários em todos os players desde o lançamento. Este trabalho, dirigido e custeado pelo próprio artista, alavancou exponencialmente o número de seguidores em todas as redes sociais, mostrando um alcance de norte a sul (e também no exterior). Essa disseminação, mais a qualidade artística, resultaram também no título constar nas principais listas de melhores discos lançados no país no ano passado.

(Foto: Moysah Conceic)

A Coragem da Luz está sendo trabalhado sem descanso desde 2016, acumulando números que mostram às claras como o engajamento com fãs e seguidores é necessário e o quanto estar por dentro dos hábitos desses fãs faz a diferença.

Pensando nisso, neste ano comemorativo à sua carreira, Michel quis abordar a história que vem contando como Rashid de outra maneira. Nasceu aí o projeto Em Construção, que assim como o título entrega, está em desenvolvimento. Ao analisar números e estratégias mercadológicas, o rapper optou pelo formato de singles para lançar material inédito – vale ressaltar que todas as músicas também ganham formato em vídeo, com clipe, webclipe ou lyric video. Com a dinâmica de ter material novo circulando a toda hora, Rashid viu os números crescerem ainda mais desde que lançou a primeira faixa de Em Construção, “Primeira Diss”, em novembro de 2016.

De lá para cá, contando com “Sem Sorte”, são seis singles lançados. A matemática da música, somada ao caráter empreendedor do atual projeto, mostram que o estudo de campo para atuar na indústria do entretenimento é essencial para pensar na nova era da música digital, a do consumo rápido e audiovisual. Ganhar o público é parte da estratégia; um exemplo dessa fidelização/branding é a alta procura que os produtos da marca Foco na Missão têm com pedidos de todos os cantos do país.

Os números que o projeto Em Construção demonstram até agora são prova de uma estratégia de lançamento que progride rapidamente: no Spotify, Rashid passou de 160 mil ouvintes únicos mensais em maio para 450 mil em setembro, além do número de inscritos neste perfil ter passado de 90 mil para 170 mil. Nos últimos oito meses, o canal no YouTube ganhou mais de 150 mil inscritos; faixas como “Se Tudo Der Errado Amanhã” e “Bilhete 2.0” somam milhões de views e plays.

Em Construção é composto por singles lançados mensalmente até novembro, quando todas essas faixas (que até então entraram em playlists) serão compiladas em formato de álbum, com ainda três sons extras. “Sem Sorte”, a faixa deste mês, sai com clipe dirigido por Moysah Conceic e entra em todos os serviços de streaming na sexta-feira, 15 de setembro.

Assista:

Sobre “Sem Sorte”: “Já ouvi pessoas dizerem que dei sorte de ter chegado nos lugares que cheguei, ou de ter os números que tenho na internet. Essa música ironiza isso. O fio condutor dela é o fato de eu nunca ter tido sorte pra nada, tudo que consegui foi a base de muito trabalho e fé. Não tem a ver com azar, mas acho que não dá pra chamar nosso suor e lágrimas derramados nisso de sorte. E é bacana lançar essa música neste mês de setembro, justamente o mês quando completo meus 10 anos de carreira”, Rashid.

Ouça o novo single: Spotify | Apple Music | iTunes | Google Play

Ficha técnica “Sem Sorte”: Letra e voz: Rashid, Produção: DJ Duh, Vocais: Camilo, Mix e master: Luiz Café, Arte de capa: Felipe Barros @agênciaFB, Clipe: Moysah Conceic

Outros singles de Em Construção:

Primeira Diss” – lançada em 26/11/2016

Bilhete 2.0” – lançada em 10/3/2017

Estereótipo” – lançada em 5/5/2017

Musashi” – lançada em 30/6/2017

Se Tudo Der Errado Amanhã” – lançada em 4/8/2017

Próximos shows:

17 de setembro | Circuito Cultural Paulista 2017 | CEU Marek, Santo André | 15h | Gratuito

21 de setembro | Sesc 24 de Maio | 13h | de R$6 a R$20 | venda online

1 de outubro | InCena Hip Hop | Lazule Bar e Restaurante | 16h às 22h | de R$20 a R$40 | venda online

7 de outubro | Teatro Estadual de Araras, Araras | 19h

8 de outubro | São Luiz do Maranhão (MA) | 16h

Siga Rashid: Facebook | Instagram | Twitter

Tags : RashidSem SorteSuper Novas
Supernova

Escrito por Supernova

Deixe um comentário