close
Super Novas

Paula Cavalciuk vai do Sul ao Norte com divulgação do álbum Morte e Vida – compositora sorocabana percorre o Brasil com novidades

Quando anunciou que lançaria o primeiro álbum, Paula Cavalciuk já estava em alta cotação por conta da estreia com Mapeia (EP, 2015) e porque ela já tinha conquistado algumas partes do Brasil com sua voz e performance em shows solo e outros projetos. A proposta do “pop planetário”, criada por ela mesma, refere-se mais ao pop do popular e do tradicional, da raiz que se torna uma referência planetária. Com essa direção, quando o álbum Morte & Vida (julho, 2016) chegou, o caráter universal da música de Paula Cavalciuk ficou explícito. Isso foi endossado pelas letras, pelos idiomas (português, espanhol, inglês e até uma língua inventada) e, principalmente, pela pluralidade de estilos apresentada nas composições – jazz, reggae, tango, guarânia, samba, carimbó, rock, muito groove e psicodelia.

Neste pouco mais de um ano após o lançamento de Morte & Vida, é possível dizer que Paula e banda estão chegando aonde poucos artistas independentes pequenos conseguem porque estão apostando massivamente em circular pelas regiões mais distantes e conquistar os interiores do país. Com muito planejamento, o disco já rendeu cerca de 70 shows desde que foi lançado e inclui uma turnê corajosa de muitos mil km rodados de carro, entre janeiro e fevereiro, que passou por RJ, ES, BA, SE, PE, AL, PB e RN.

Os planos aumentaram para este segundo semestre e novas turnês já estão agendadas. Em outubro, eles partem para shows no Sudeste e Sul, passando por SP, PR, SC e RS. Em novembro, o roteiro vai do Nordeste ao Norte, com apresentações já confirmadas no Festival DoSol (Natal), em Teresina e também São Luís.

Em paralelo, a figura e persona de Paula Cavalciuk têm uma grande projeção na mídia. Isso é mais um fator que soma à crescente popularidade dela e que demonstra a força artística, feminista e estética que ela promove. Recentemente, Paula protagonizou a série Na Rota do Rock, uma road trip com outros três artistas a bordo de um motor home. Produzida pela Sky Brasil, o clímax da série foi a apresentação deles no palco Sky Rock Station dentro do Rock in Rio 2017. Nos últimos dias, Paula foi manchete em matéria da revista Contigo! sobre o Festival Febre, realizado em Sorocaba no final de semana de 7 e 8 de outubro, e apresentou seu novo clipe, “Morte e Vida Uterina”, com estreia no portal de inovação e criatividade Hypeness. Estes são apenas exemplos do alcance vasto e diversificado que Paula Cavalciuk atinge, variando os meios e chegando cada vez mais para públicos diferentes.

De olho nas tendências do consumo de música atual (a música audiovisual), os materiais em vídeo que o álbum Morte & Vida rendeu também são dignos de menção. Os clipes oficiais de “O Poderoso Café” e “Morte e Vida Uterina” ganharam o mesmo tratamento gráfico do álbum e são trabalhos com identidade visual marcante.

Ambos produzidos e dirigidos por Daniel Bruson – já experiente diretor de animação que tem no currículo, entre outros, um prêmio no Anima Mundi 2016, a direção de vários videoclipes e direção de arte da série “Angeli the Killer”, exibida pelo Canal Brasil – os clipes traduziram em vídeo a essência da música de Paula, uma obra artística com muitos detalhes pessoais, sentimentalismo e muita vida.

Lançado na primeira semana de outubro, a inovadora animação em stop motion virou por si só uma linguagem visual referencial à Paula e seu universo cotidiano. Uma história sobre a entrada na puberdade da mulher usando elementos corriqueiros como correntes, folhas secas, botões e recortes, são a chave para a beleza simples e distinta do vídeo. Um trabalho intuitivo e artesanal, o clipe trata com bastante humanidade as mudanças trazidas pela menstruação e capta essas sensações através das texturas, elementos, velocidades e cenários de cada cena.

Os dois clipes oficiais fazem parte do projeto “Morte, Vida e Café”, realizado com o Apoio Institucional da Prefeitura Municipal de Sorocaba, através da Secretaria de Cultura – Lei de Incentivo à Cultura nº11.066/2015. Uma das contrapartidas é uma oficina gratuita de animação ministrada pelo diretor Daniel Bruson, a ser realizada em Sorocaba, no dia 21 de outubro, para até 30 participantes. Os interessados devem se inscrever pelo formulário (link aqui), até 20 de outubro.

A agenda completa da #MorteEVidaTour pelo Nordeste e Norte, em novembro, deve ser anunciada em breve.

(Foto: Divulgação)

Paula Cavalciuk é acompanhada por Vinícius Lima (guitarra), Pêu Ribeiro (baixo) e Ítalo Ribeiro (bateria, percussão e mpc).

Agenda #MorteEVidaTour Sudeste e Sul:

8/outubro: Festival Febre | Sorocaba (SP)

11/outubro: Itapeva (SP)

12/outubro: Curitiba (PR)

13/outubro: Florianópolis (SC)

14/outubro: Pomerode (SC)

15/outubro: Blumenau (SC)

20/outubro: Caxias do Sul (RS)

21/outubro: Passo Fundo (RS)

22/outubro: Porto Alegre (RS)

Vídeos:

Morte e Vida Uterina” (campanha #PorTodasElas) – lançado em junho, 2016

Ruína” – lançado em novembro, 2016

O Poderoso Café” – lançado em fevereiro, 2017

Morte e Vida Uterina” (clipe oficial) – lançado em outubro, 2017

Ouça o álbum Morte & Vida:

Site oficial (com download gratuito) | Spotify | TIDAL | Google Play | Napster | Deezer | iTunes | SoundCloud | Youtube

Tags : Morte & VidaPaula CavalciukSuper Novas
Supernova

Escrito por Supernova

Deixe um comentário