close
Produção CulturalSuper Novas

La Verità, álbum de estreia da italiana Aramà, tem show de lançamento em São Paulo, em 20 de novembro

Aramà – Por Maurízio Fantini (1) – bx

Aramà, cantora e compositora italiana, chega ao Brasil para mostrar ao vivo seu primeiro álbum, La Verità, lançado em agosto e já apresentado na Itália e Cabo Verde. Reconhecida como nome emergente da música pop europeia atual, Aramà também mantém boas relações no Brasil, onde já fez shows, participações e lançou singles como “É com você”, com Ivo Mozart.

(Foto – Maurízio Fantini)

Nesta apresentação, no dia 20 de novembro, na Associação Cultural Cecília, Aramà reúne alguns dos convidados e parceiros do álbum como DJ Kalfani, o duo paraense Strobo, em “Summersky”, e Guda Monteiro, co-autor da faixa-título “La Verità” e “O Medo”. Fernandinho Beat Box também está escalado para fazer uma participação especial e  Kalfani é quem comanda o som durante toda noite.

Com banda formada por Raphael Coelho (percussão), Thais Andrade (teclado), Joey Mattos (guitarra e voz) e DJ Kalfani, Aramà mostra o pop intercontinental que tem conquistado a Europa com swing brasileiro, axé, funk, guitarrada e outros. Faixas do álbum como “Show me your light”, “Chica Boom” e o último single de trabalho, “Axè Babà Oxalà”, cujo clipe foi gravado em Cabo Verde, estão no repertório. O set tem ainda uma interpretação de “Não mexe comigo”, de Maria Bethânia, uma das inspirações verde-amarelas de Aramà.

Aproveitando esta passagem pelo país, ela lança o single inédito de “Maracujá”, produzido por Renato Galozzi, guitarrista e produtor musical com trabalhos ao lado de Sérgio Britto, Tiê, Renato Godá e Paulo Ricardo. Um outro single, “Ganesha”, também está sendo finalizado e é uma co-produção com DJ Kalfani, integrante do grupo Pollo e talento da discotecagem hip hop nacional; a faixa também tem participação de um artista revelação da música brasileira em 2017.

Aramà deve gravar vozes e cenas para o novo clipe durante os dias em São Paulo e  participa da apresentação de Sivuca Silvanny (percussionista do Emicida e regente da Banda Alana), na quinta-feira (23), no Z Carniceria.

Serviço:

Aramà apresenta La Verità

Show de lançamento com DJ Kalfani, Strobo (PA), Guda Monteiro e Fernandinho Beat Box

Segunda-feira, 20 de novembro

Associação Cultural Cecília

Rua Vitorino Carmilo, 449 | São Paulo (SP)

A partir das 19h | Show às 20h30

Discotecagem DJ Kalfani

R$20 (dinheiro/débito)

Evento no Facebook aqui.

Bio: Giulia Carmentano é Aramà, compositora que se divide entre a terra natal, Itália, e o Brasil. Apaixonada por nossa cultura, costumes e música, Aramà compõe e produz material com artistas brasileiros desde 2012. Resultado de suas boas relações no país, ela já lançou single com Ivo Mozart, contou com Marcelo Mira na música “Nega Virtual”, em sua apresentação no Showlivre, em 2014, e outros. O primeiro álbum, La Verità, chegou em agosto de 2017 e reúne nomes como Walmir Borges, Strobo, DJ Kalfani e Sidmar Vieira.

Ouça La VeritàSpotify | Deezer | iTunes | Google Play | Bandcamp

Siga Aramà: Facebook | YouTube | Instagram

leia mais
Super Novas

Paula Cavalciuk vai do Sul ao Norte com divulgação do álbum Morte e Vida – compositora sorocabana percorre o Brasil com novidades

Paula Cavalciuk – Morte e Vida Uterina (Por Daniel Bruson) alta (4)

Quando anunciou que lançaria o primeiro álbum, Paula Cavalciuk já estava em alta cotação por conta da estreia com Mapeia (EP, 2015) e porque ela já tinha conquistado algumas partes do Brasil com sua voz e performance em shows solo e outros projetos. A proposta do “pop planetário”, criada por ela mesma, refere-se mais ao pop do popular e do tradicional, da raiz que se torna uma referência planetária. Com essa direção, quando o álbum Morte & Vida (julho, 2016) chegou, o caráter universal da música de Paula Cavalciuk ficou explícito. Isso foi endossado pelas letras, pelos idiomas (português, espanhol, inglês e até uma língua inventada) e, principalmente, pela pluralidade de estilos apresentada nas composições – jazz, reggae, tango, guarânia, samba, carimbó, rock, muito groove e psicodelia.

Neste pouco mais de um ano após o lançamento de Morte & Vida, é possível dizer que Paula e banda estão chegando aonde poucos artistas independentes pequenos conseguem porque estão apostando massivamente em circular pelas regiões mais distantes e conquistar os interiores do país. Com muito planejamento, o disco já rendeu cerca de 70 shows desde que foi lançado e inclui uma turnê corajosa de muitos mil km rodados de carro, entre janeiro e fevereiro, que passou por RJ, ES, BA, SE, PE, AL, PB e RN.

Os planos aumentaram para este segundo semestre e novas turnês já estão agendadas. Em outubro, eles partem para shows no Sudeste e Sul, passando por SP, PR, SC e RS. Em novembro, o roteiro vai do Nordeste ao Norte, com apresentações já confirmadas no Festival DoSol (Natal), em Teresina e também São Luís.

Em paralelo, a figura e persona de Paula Cavalciuk têm uma grande projeção na mídia. Isso é mais um fator que soma à crescente popularidade dela e que demonstra a força artística, feminista e estética que ela promove. Recentemente, Paula protagonizou a série Na Rota do Rock, uma road trip com outros três artistas a bordo de um motor home. Produzida pela Sky Brasil, o clímax da série foi a apresentação deles no palco Sky Rock Station dentro do Rock in Rio 2017. Nos últimos dias, Paula foi manchete em matéria da revista Contigo! sobre o Festival Febre, realizado em Sorocaba no final de semana de 7 e 8 de outubro, e apresentou seu novo clipe, “Morte e Vida Uterina”, com estreia no portal de inovação e criatividade Hypeness. Estes são apenas exemplos do alcance vasto e diversificado que Paula Cavalciuk atinge, variando os meios e chegando cada vez mais para públicos diferentes.

De olho nas tendências do consumo de música atual (a música audiovisual), os materiais em vídeo que o álbum Morte & Vida rendeu também são dignos de menção. Os clipes oficiais de “O Poderoso Café” e “Morte e Vida Uterina” ganharam o mesmo tratamento gráfico do álbum e são trabalhos com identidade visual marcante.

Ambos produzidos e dirigidos por Daniel Bruson – já experiente diretor de animação que tem no currículo, entre outros, um prêmio no Anima Mundi 2016, a direção de vários videoclipes e direção de arte da série “Angeli the Killer”, exibida pelo Canal Brasil – os clipes traduziram em vídeo a essência da música de Paula, uma obra artística com muitos detalhes pessoais, sentimentalismo e muita vida.

Lançado na primeira semana de outubro, a inovadora animação em stop motion virou por si só uma linguagem visual referencial à Paula e seu universo cotidiano. Uma história sobre a entrada na puberdade da mulher usando elementos corriqueiros como correntes, folhas secas, botões e recortes, são a chave para a beleza simples e distinta do vídeo. Um trabalho intuitivo e artesanal, o clipe trata com bastante humanidade as mudanças trazidas pela menstruação e capta essas sensações através das texturas, elementos, velocidades e cenários de cada cena.

Os dois clipes oficiais fazem parte do projeto “Morte, Vida e Café”, realizado com o Apoio Institucional da Prefeitura Municipal de Sorocaba, através da Secretaria de Cultura – Lei de Incentivo à Cultura nº11.066/2015. Uma das contrapartidas é uma oficina gratuita de animação ministrada pelo diretor Daniel Bruson, a ser realizada em Sorocaba, no dia 21 de outubro, para até 30 participantes. Os interessados devem se inscrever pelo formulário (link aqui), até 20 de outubro.

A agenda completa da #MorteEVidaTour pelo Nordeste e Norte, em novembro, deve ser anunciada em breve.

(Foto: Divulgação)

Paula Cavalciuk é acompanhada por Vinícius Lima (guitarra), Pêu Ribeiro (baixo) e Ítalo Ribeiro (bateria, percussão e mpc).

Agenda #MorteEVidaTour Sudeste e Sul:

8/outubro: Festival Febre | Sorocaba (SP)

11/outubro: Itapeva (SP)

12/outubro: Curitiba (PR)

13/outubro: Florianópolis (SC)

14/outubro: Pomerode (SC)

15/outubro: Blumenau (SC)

20/outubro: Caxias do Sul (RS)

21/outubro: Passo Fundo (RS)

22/outubro: Porto Alegre (RS)

Vídeos:

Morte e Vida Uterina” (campanha #PorTodasElas) – lançado em junho, 2016

Ruína” – lançado em novembro, 2016

O Poderoso Café” – lançado em fevereiro, 2017

Morte e Vida Uterina” (clipe oficial) – lançado em outubro, 2017

Ouça o álbum Morte & Vida:

Site oficial (com download gratuito) | Spotify | TIDAL | Google Play | Napster | Deezer | iTunes | SoundCloud | Youtube

leia mais
1 2 3 4 5 6 19
Page 4 of 19