close
Super Novas

Flavia K revela capa e participações de Janelas Imprevisíveis – Cantora e compositora se prepara para lançar o primeiro álbum de estúdio

Elogiada por Seu Jorge, Ed Motta, Simoninha e outros grandes, Flavia K é de causar surpresa. Com apenas 22 anos – e dez de carreira -, a compositora, cantora e pianista, natural de São Bernardo do Campo (SP), apresenta uma assinatura diferenciada quando leva o brilho de sua geração colorida para o jazz, a bossa nova e neo soul. A voz aveludada pela tonalidade do blues saltou aos olhos de Roberto Menescal, que não poupa palavras para descrever a naturalidade do talento de Flavia. “Tem que ter uma coisa a mais. A coisa primordial na música é você reconhecer a pessoa por um sotaque que ela tenha, uma coloração na música, e a Flavia tem isso”, confessa ele, considerado um dos fundadores do movimento Bossa Nova, em depoimento postado nas redes sociais da cantora.

A pouca idade está a favor dela, que consegue avançar pelos tradicionalismos com a jovialidade e o swing de quem ouviu muito Prince. Desde o primeiro lançamento, o EP Tudo que Soul (2014), a aptidão para desenhar as próprias músicas já se destacava como um de seus tantos atributos; seu punhado de canções autorais ganhava atenção de nomes respeitáveis da música brasileira como Luiz Melodia, Ivan Lins e Erasmo Carlos. Agora chegando ao primeiro álbum de estúdio, a compositora mostra o quanto afinou suas habilidades proeminentes, como escrever as linhas de piano e os arranjos vocais.

(Foto – Johnny Moraes)

Chamado Janelas Imprevisíveis, no álbum, Flavia K desfila por suas influências retrôs, de Herbie Hancock a João Donato, com inspirações atuais de mulheres cheias de groove como Esperanza Spalding e Janelle Monáe. As tantas cores de seu som e de seu visual estão estampadas nas fotos do encarte e capa, uma produção que combina o vintage e o moderno na medida certa, como pode ser conferido também no primeiro videoclipe do disco, o single “Sem Glúten”.

Os convidados e produtores do álbum são outro exemplo da diversidade da artista, que convidou Roberto Menescal para colaborar em “Canção do Sol” e, com o rapper Slim Rimografia, escreveu “Atelier do Silêncio”, um trip jazz de pegada futurista. 

Ainda na ficha técnica, ela conta com  instrumentistas de renome como Leandro Cabral (piano), Jota Erre (percussão), Robinho Tavares (baixo), Sidmar Vieira (flugel horn), além da direção artística de Julio Mossil e mixagem de Vander Carneiro. Um teaser com todas as participações pode ser assistido no canal oficial de Flavia no YouTube. 

O álbum será lançado nas plataformas digitais nesta quinta-feira, 3 de outubro, e um novo clipe também tem estreia nos próximos dias. O show de lançamento acontece no dia 15 deste mês, no Teatro Centro da Terra, em São Paulo.

Tracklist Janelas Imprevisíveis:

  1. Neon 
  2. Sem Glúten
  3. Janelas Imprevisíveis
  4. Canção do Sol – participação Roberto Menescal
  5. Contramão
  6. Se Pá Tum Dêre – participação Marcellus Meirelles 
  7. Tom
  8. Plural
  9. Atelier do Silêncio – participação Slim Rimografia
  10. Atrás do Vidro

Siga Flava K: Site oficial | Spotify | YouTube | Instagram | Facebook | Twitter

Tags : Flavia KJanelas Imprevisíveis
Supernova

Escrito por Supernova

Deixe um comentário