close
Produção CulturalSuper Novas

Cecília Viva: 1º festival colaborativo beneficente à casa – 30/9 e 1/10

A Cecília vai completar 9 anos de atividades em novembro e foram muitas mudanças desde 2008. De 13 sócios que fundaram a casa, hoje as despesas e responsabilidades são divididas apenas por 4. A casa sempre se manteve com os aluguéis das salas e algum lucro gerado pelo bar, mas este ano tivemos que fazer vários ajustes – incluindo dividir a bilheteria de shows e alugar o espaço para eventos.

Neste período, foram mais de 500 bandas recebidas, 90 artistas plásticos fazendo exposições diversas, incontáveis exibições de filmes independentes, presença de vários chefs de cozinha, grupos de dança, teatro, feiras e muitas outras ideias, como o Cordão Cecília (carnaval de rua) e nosso festival anual 3 pra 1, já uma tradição no calendário e que é realizado na rua todo mês de novembro, há 5 anos.

Quem trabalha para manter e fazer tudo isso nunca recebeu salário ou conseguiu fazer uma grana, pelo contrário, houve muito investimento. Tirando alguns eventos pontuais, a casa não conta com nenhum apoio de marca, expositor ou incentivo público. Nossa ideia sempre foi trabalhar de maneira autossustentável e autogerida, o que sempre nos garantiu a liberdade de programação que todo mundo conhece como característica da Cecília.

E neste tempo, como todo espaço de cultura alternativa sem patrocínio ou apoio, dívidas foram acumulando e fica quase impossível continuar levando este modelo de negócio e o alto custo para mantê-lo. A maior dívida é o aluguel da casa, que já tem data limite para ser acertada para podermos renovar o contrato e continuar as atividades.

(Foto por Caio Luiz)

Com o tempo curto e sem investimentos, pela primeira vez em nossa história, optamos por realizar um evento beneficente à própria casa. Em vez de fazer um crowdfunding neste momento (devido à taxa (30%) que fica com a plataforma, gastos com recompensas, tempo hábil), vamos abrir as portas nos dias 30/setembro e 1/outubro para receber 9 bandas pauladas que fazem parte de nossa história, num festival gratuito/pague quanto quiser pra colar muita gente mesmo.

Por enquanto, contamos com o apoio de todas as bandas – que tocarão sem cachê -, Estúdio Aurora, que nos cederá equipamentos, da cervejaria Guerrilha, que fornecerá as bebidas, a Vera Pasta, que ficará responsável pela cozinha, Rodrigo Chã pelas artes, Supernova pela comunicação, Menú da Música e de diversos apoiadores e amigos de nossa jornada.

Para quem quiser fazer doações de qualquer valor, de 19/9 a 6/10, estaremos recebendo depósito em conta bancária. A primeira parcela da dívida vence em 9/10 e esta data é decisiva na história da Cecília.

Este não é um momento fácil mas fazer este festival foi a maneira mais autêntica que achamos para comunicar nosso público de amigos e artistas sobre a situação atual.

Sabemos que podemos contar mais uma vez com todos vocês e que esta dificuldade é apenas momentânea. Vamos juntos manter a Cecília Viva.

Programação:

Bloody Mary

Rakta

Ema Stoned

Emicaeli

ACruz Sesper Trio

Patife Band

Autoramas

Test

*atração surpresa*

Serviço:

Cecília Viva – festival beneficente

29/setembro e 1/outubro

Associação Cultural Cecília

Rua Vitorino Carmilo, 449

Das 16h às 23h

Gratuito/Pague quanto quiser

Página do evento no Facebook aqui.

 

Dados para depósito:

Banco Bradesco
AG – 3144
CC – 4747-3
CNPJ – 10.717.826/0001-20

Tags : Associação Cultural Cecília
Supernova

Escrito por Supernova

Deixe um comentário