close
Super Novas

Rashid participa da 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo com Ideias que rimam mais que palavras – Vol. 1

Rashid – Música de Guerra (Foto – Tiago Rocha) 9

Em 2018, após completar uma década de história no rap, Rashid trouxe a oralidade de suas letras e a facilidade na escrita para Ideias que rimam mais que palavras – Vol. 1, primeiro livro com sua assinatura, lançado em maio. Com o título, o rapper agora entra para o mundo da literatura como autor, depois de tantos anos sendo inspirado pelos benefícios da leitura.

Ideias que rimam é descomplicado. Rashid conta sua história enquanto visita algumas letras do começo de sua carreira e faz isso com a mesma levada das poesias, a instiga de um bom storytelling. No livro, no entanto, nem tudo é beleza ou só freestyle: Rashid divide técnicas de rimar, como escreveu (e superou) algumas de suas barras e como passou todos os dias dos últimos 15 anos com o foco na missão de quem quer transformar realidades.

Com o trabalho, ele chega ainda mais perto de seu público, estreitando laços e abrindo novas portas. Em agosto, Rashid é um dos convidados na 25ª Bienal Internacional do Livro, no Salão de Ideias “Música Pop Brasileira”.

O encontro discute a influência da música pop internacional na cultura musical do Brasil e traça perspectivas diferentes sobre o assunto com autores, pesquisadores e artistas. Junto a Rashid, a mesa reúne Larissa Ibúmi Ferreira, historiadora e escritora feminista, autora do livro Vozes Transcendentes (2018), Julio Ludemir, escritor, jornalista, roteirista e um dos idealizadores do filme “Batalha do Passinho”, e Antônio Maurício, professor e estudioso da música e tradições culturais do Pará.

(Capa – Estúdio Miopia)

Ideias que rimam mais que palavras – Vol. 1 está à venda online na loja da Foco na Missão, e nas lojas físicas Literarua e Beatz Shop, em São Paulo.

 

Serviço:

Rashid na Bienal do Livro de São Paulo

Salão de Ideias “Música Pop Brasileira”

Segunda-feira, 6 de agosto

Das 15h às 16h

Pavilhão do Anhembi | Av. Olavo Fontoura, 1209 – São Paulo

Ingressos: R$10 (meia) | R$20 (inteira) – o ingresso garante circulação por toda Bienal

À venda pelo link: https://www.totalacesso.com/Shopping/Cart/1667

Classificação livre

 

Siga Rashid: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Plataformas Digitais: Spotify | Deezer | Apple Music | Google Play | Napster | Tidal

leia mais
Super Novas

Os Brasis e suas “Histórias Reais” em clipe novo do Inquérito – Faixa tem participação de Nicole e Diomedes Chinaski

Histórias Reais

Histórias reais que se cruzam nas esquinas da vida.

A realidade opressora mas vitoriosa das periferias é tema constante no dicionário do Inquérito, longevo grupo de rap paulista que lançou em março o sexto álbum, Tungstênio.

“Histórias Reais”, faixa do repertório deste disco, é um glossário às questões da (sobre)vivência de homens e mulheres vivendo a esmagadora verdade da escassez, da miséria, da frustração.

Cantados em primeira pessoa, os extensos versos narram poeticamente a dureza de vidas à deriva do sistema, cada qual sob um cenário: o menino que supera os maus exemplos para ter o mínimo de dignidade, o cabra do nordeste à mercê das milícias, do tráfico, resistindo à ostentação da “vida fácil” do crime, a mulher heroína que mata no peito as obrigações de mãe e de guerreira solitária no dia a dia.

“Histórias Reais” é um retrato – do brasileiro escravizado, chamado “proletário” – com diversas perspectivas e por isso mesmo interpretado por quatro vozes. Sem acaso ou destino, histórias que se repetem porque os cenários mudam mas a mudança de verdade nunca chega.

(Fotos – Vras77)

O instrumental não poderia conter menos do que muito sentimento. Na estrutura verso-refrão-verso-refrão, um drama quase teatral se desenrola entre os altos e os baixos, com clímax, emoção, aspereza sentida na pele.

A mesma intensidade foi dada ao clipe dirigido por Vras77, que fez da edição uma aliada para passar o lado denso da vida de tantos desconhecidos. Contar “Histórias Reais” que se entrecortam pelos tantos Brasis de personagens ocultos.

(Fotos – Reprodução)

Vras77 descreve: “Vitor Hugo, jovem negro e morador da Okupa Alcântara Machado (SP), trabalha de sol a sol sem perder o sorriso e sem sucumbir à criminalidade. Vitor Gonçalves, jovem de Mogi das Cruzes, vive em função da arte, ensina circo para crianças e adultos, e respira a resistência à frente do Galpão Arthur Netto. Amanda NegraSim, mulher, negra, mãe, rapper e idealizadora de diversos projetos que enaltecem as mulheres negras e colocam em pauta a diáspora africana”.

“Histórias Reais” se assemelham. Não é mera coincidência.

Ficha técnica:

Música:
Produzida, gravada e mixada por DJ Duh, no estúdio Groove Arts (Campinas – SP)
Participação Especial: Pop Black, Diomedes Chinaski e Nicole
Letra: Renan Inquérito e Diomedes Chinaski
Interpretação: Renan Inquérito, Pop Black, Diomedes Chinaski e Nicole
Guitarra: Gabriel Adorno
Baixo: Marcelo Cruz
Diomedes Chinaski gravado por Mazzili, no estúdio PE Squad (Recife-PE)
Masterização: Maurício Gargel
Arte de capa: Pepê Ferreira | Black Magenta
Foto de capa: Marcio Salata
Apoio: SaxSoFunny
Produção Executiva e Comunicação: Priscila Prado

Vídeo:

Diretor: Vras77

Assistente de direção: Anna Julia Bitelli

Produção e roteiro: Anna Julia Bitelli

Assistente de câmera: Rogério Oliveira

Assistente de câmera: Fabiano Sanches

Assistente de produção: Marcos Dalua

Assistente de produção: Mariana Rodrigues

Edição e finalização: Vras77

Atores:

Verso Renan: Vitor Hugo Valério

Verso Diomedes: Vitor Gonçalves

Verso Nicole: Amanda NegraSim

Tungstênio em todas as plataformas de streaming:  https://ONErpm.lnk.to/Inquerito.

Outros clipes de TungstênioArtesanato Eletrônico”, Lição de Casa”, Eaê

Siga Inquérito: Facebook | Instagram | Twitter

leia mais
1 2 3 18
Page 1 of 18